Construtora Brascon
 
Cabedelo Conde João Pessoa
 
Pronto para comércio Pronto para construir Lançamentos Em Construção Pronto para morar
 
Aeroclube / Bessa Água Fria Altiplano Bairro dos Estados Bancários Bessa Bessa / JD Oceania Brisamar Cabo Branco Camboinha I Cristo Geisel Intermares Jardim Luna JD Cidade Universitária Manaíra Miramar Pedro Gondim Portal do Sol Tabatinga Tambaú Tambauzinho Valentina Village Jacumã
 
1 2 3 4 ou mais
 
Menos de 50 50 a 100 100 a 150 Maior que 150

Nosso Blog

3 dicas para te ajudar a escolher entre casa ou apartamento

O sonho de quase todo brasileiro é ter um imóvel. E quando chega aquele momento especial de escolher o melhor lugar para família morar, seja na primeira aquisição ou na troca para um espaço melhor, uma das decisões mais importantes a tomar será: casa ou apartamento? O que escolher?   Na verdade, não há uma resposta certa para essa pergunta, pois ela vai depender de uma série de fatores, além das preferências pessoais do comprador. Afinal, além da questão financeira, a escolha entre uma casa ou um apartamento está relacionada ao perfil e ao estilo de vida do morador.   Casas e apartamentos apresentam características diferentes, que você terá de analisar com cuidado, em nome do conforto e da tranquilidade de sua família. Para facilitar a sua escolha, vamos fazer um levantamento de alguns aspectos importantes de cada um. Quer ver? Então continue lendo este post!   3-dicas-para-te-ajudar-a-escolher-entre-casa-ou-apartamento_Brascon_01  

Pense em suas necessidades relacionadas aos espaços

    Escolher entre viver em um apartamento ou em uma casa tem muita relação com o momento da vida em que as pessoas se encontram e a duração dessa fase. Solteiros e recém-casados que trabalham fora costumam ficar mais confortáveis morando em apartamentos pequenos, de manutenção fácil e alguma segurança. As famílias maiores costumam privilegiar aspectos como espaços mais amplos, inclusive para a brincadeira das crianças. Com muita gente em casa, em horários diferenciados, a segurança fica menos frágil.   Além disto, a questão do tamanho dos cômodos, do lote ou da área externa é elemento importante na escolha entre uma casa ou um apartamento. Se a preferência for por cômodos amplos, banheiros maiores, área externa com vegetação, pode ser que uma casa atenda melhor. Apartamentos, conforme o projeto ou a região, tendem a ser cada vez menores, com quartos, cozinhas e banheiros bem funcionais e pequenos.   À exceção dos apartamentos térreos ou de cobertura, que podem oferecer um pouco mais – com preço proporcional -, a maioria não terá área externa generosa. É interessante também atentar para aspectos como acessibilidade e espaços razoáveis. Idosos e até qualquer pessoa com um problema de mobilidade podem encontrar muitas dificuldades em determinados espaços.   Por isso mesmo é preciso considerar, inclusive, que na maioria das vezes, um apartamento terá área construída menor do que uma casa. Para quem gosta ou precisa de ambientes espaçosos, a casa pode ser a melhor escolha. E o melhor dessa escolha é que o terreno será só seu, então você poderá ampliar seu imóvel como quiser.   No entanto, se a opção for pelo apartamento, há maneiras inteligentes de explorar o espaço disponível. Mesmo os ambientes pequenos podem ser muito bem aproveitados, se você escolher móveis funcionais e recursos de decoração, como cores claras nas paredes, espelhos, materiais leves etc.   Já visitou aqueles maravilhosos apartamentos decorados que as construtoras exibem nos lançamentos de novos empreendimentos? Eles foram cuidadosamente preparados por arquitetos e decoradores especialistas em fazer o espaço render. Você pode explorar as ideias e otimizar o espaço de seu apartamento.   3-dicas-para-te-ajudar-a-escolher-entre-casa-ou-apartamento_Brascon_02  

Considere os quesitos privacidade, convivência e liberdade

    Se a invasão de privacidade é causa de estresse, se você busca tranquilidade e prefere evitar um contato mais íntimo com desconhecidos, a casa pode ser a melhor opção, ao escolher o imóvel para a família. Quem mora em casa conta com mais privacidade do que quem escolhe apartamento. Afinal, não tem de se encontrar com vizinhos diariamente no elevador, na garagem ou nas áreas comuns.   Em um prédio de apartamentos, você terá de aprender a conviver com fofocas e eventuais conflitos com vizinhos inconvenientes ou nem sempre amigáveis. Isso pode até ter um aspecto positivo, pois a família vai se acostumar a ser mais tolerante e a respeitar as diferenças, mas também pode causar aborrecimentos.   Mas se você e sua família dão mais importância à socialização do que à privacidade, a opção por um apartamento pode ser a mais acertada. Muitos condomínios oferecem estrutura completa de lazer nas áreas comuns, incentivando a convivência.   Os prédios com piscinas, quadras de esporte e parquinhos infantis serão ideais para que seus filhos façam novas amizades. E a proximidade entre os vizinhos favorece a socialização.   Outra vantagem de morar em um apartamento é a praticidade. Geralmente compactos, são mais fáceis de limpar e dispensam preocupações com buracos repentinos no telhado em decorrência de chuvas, calhas entupidas ou pintura da fachada. E o melhor é que em alguns prédios, basta pegar o elevador para ter acesso à academia de ginástica e à piscina.   O conceito de clube que os novos empreendimentos estão adotando faz com que, cada vez mais, as famílias com filhos pequenos ou adolescentes escolham este tipo de moradia.   Agora, se o mais importante para sua família for a liberdade, a casa será a vencedora. Além de garantir sua privacidade, ao adquirir uma casa, você poderá ampliar, reformar e alterar seu imóvel do jeito que quiser.  3-dicas-para-te-ajudar-a-escolher-entre-casa-ou-apartamento_Brascon_03

Observe as questões de localização e segurança

    As casas costumam se localizar em bairros residenciais mais distantes do centro das cidades, o que vai aumentar o tempo de deslocamento para o trabalho, para a faculdade e outros compromissos.   Já apartamentos geralmente podem ser encontrados em bairros mais próximos de centros comerciais e de serviços e bem servidos de transporte público, facilitando a vida de quem precisa se locomover nas grandes cidades.   Para quem quer chegar em casa mais rapidamente no final do dia, o apartamento pode ser mais vantajoso. Inclusive em relação à segurança, considerando que a maioria dos prédios tem sistemas de segurança instalados, como câmeras, alarmes, cercas elétricas, porteiros físicos e vigias noturnos.   Além disso, o trânsito constante de moradores entrando e saindo do prédio torna mais difícil criminosos passarem despercebidos. Sabemos que, infelizmente, invasões a condomínios também acontecem, mas quanto maior é o investimento em aparatos de segurança em um prédio, menor é a chance de que ele venha a sofrer a ação de bandidos. Observe isso se optar por adquirir um apartamento!   Quanto à casa, sim, é possível instalar sistemas de segurança por sua conta, mas você terá de arcar com os custos sozinho, ao contrário dos condomínios em que as despesas são divididas.   Ao que parece, as casas são mais vulneráveis, sendo preciso investir em grades, câmeras e outros itens. Por terem um grupo pequeno de moradores e serem mais fáceis de monitorar, em relação aos hábitos dos que ali residem, há quem tenha muito medo de fazer esta escolha.   Se você tem uma experiência de morar em apartamento ou casa, se gosta de onde mora ou se quer mais dicas, comente nosso post. Esperamos pela sua história!  

Receba nossas Novidades